| Login parceiros | Compartihe Compartihe |
Procurar:
facebook twitter youtube flickr issuu

Home Políticas Inteligentes


O que pode e deve ser feito

Governos de todo o mundo procuram meios para aumentar a segurança rodoviária, reduzir os danos ambientais e satisfazer as necessidades dos seus cidadãos, com os menores custos em temos de tempo e dinheiro. Como elementos-chave da mobilidade sustentável, os autocarros são essenciais para alcançar efectivamente estes objectivos.

 

Smart Move

Os autocarros são o meio de transporte colectivo de passageiros mais seguro, ecológico, acessível, fácil de utilizar e eficiente. Como tal, oferecem uma a solução optimizada para toda uma gama de desafios de mobilidade que as sociedades modernas enfrentam, incluindo as alterações climáticas, segurança rodoviária, intermutabilidade, inclusão social e congestionamento, entre outros.

Leia Duplicar a utilização do transporte colectivo de passageiros em autocarro - Soluções Práticas.pdf (1.2 MB)

No entanto, estas qualidades raramente são reconhecidas pelos decisores políticos e líderes de opinião.

E os autocarros são até muitas vezes incorrectamente associados a problemas geralmente atribuídos ao transporte rodoviário, como a poluição, o congestionamento do trânsito e o ruído.

 

Esra percepção errada conduziu a uma situação em que os autocarros não só tem um subaproveitamente em termos de utilização e contribuição social mas sofrem também de negligência política e, frequentemente, de legislação inadequada, mal informada e até restritiva.

Leia FBAA Smart Move Brochure (somente em francês)

 


 

Para permitir que o transporte de autocarro realize todo o seu potencial na prestação de serviços de mobilidade ecológicos, seguros, eficientes e acessíveis para todos, é absolutamente crucial promover e facilitar ainda mais a sua operacionalidade implementando medidas simples, acessíveis e criteriosas. Este seria na realidade o verdadeiro Smart Move!

 

O objectivo da Smart Move consiste portanto em aumentar a consciencialização política e dos media, de modo a duplicar a utilização do transporte de autocarro a nível da UE e para além da UE. Apenas na Europa, esse aumento teria o seguinte impacto:

  • Uma redução de CO2 de pelo menos 50 milhões de toneladas por ano;
  • Uma redução da mortalidade nas estradas e ruas da UE, de mais de 3000 por ano;  
  • Uma redução espectacular do congestionamento nas cidades a custo zero para os contribuintes, devido à redução de 10-15% prevista no tráfego automóvel;  
  • A criação de 4 milhões de novos postos de trabalho.

Leia o que pode ser feito para tornar o transporte em autocarro:

Veja outros melhores práticas practices and iniciativas da Indústria

É possível obter uma mobilidade e opções de viagem mais inteligentes:

  • Informando-nos e informando os outros sobre os benefícios do transporte de passageiros de autocarro;
    • Leia as várias secções do website da campanha Smart Move. Visite também os websites da IRU e Busworld ou dos muitos Parceiros da campanha Smart Move.
  • Utilizando e promovendo a utilização dos autocarros;
    • É necessária legislação favorável ao autocarro para concretizar todas as potencialidades dos mesmos. As autoridades deveriam estabelecer e promover serviços “estacione-e-vá” e publicitar de forma destacada informação sobre os serviços disponíveis. As autoridades poderiam igualmente desenvolver, em conjunto com os operadores, ferramentas de marketing e esquemas de incentivos para promover uma maior utilização dos autocarros.
  • Dando prioridade aos autocarros;
    • As autoridades deveriam criar faixas bus especiais ou dar-lhes prioridade nos semáforos, de modo a agilizar os serviços, como já é uma prática bem sucedida em várias cidades. Deveriam igualmente garantir áreas de estacionamento para autocarros próximo dos centros das cidades e das atracções turísticas com instalações e sinalização adequadas.
  • Integrando completamente os serviços de autocarro nas redes de transportes públicos colectivos e assegurando um tratamento fiscal justo;
    • As autoridades deveriam ajudar a promover e melhorar os sistemas de venda de bilhetes e instalações de intermutabilidade para permitir transferências rápidas e convenientes entre diferentes meios de transporte públicos, bem como incentivar a cooperação entre estes. Devem igualmente assegurar um tratamento fiscal igual (impostos de circulação, IVA, etc.) entre todos os meios de transporte.
  • Providenciando fundos para a melhoria das infra-estruturas e dos serviços;
    • As autoridades têm de investir em melhores infra-estruturas rodoviárias, incluindo terminais de autocarro multimodais e permitir que os autocarros optimizem os seus serviços conjuntamente com os outros meios de transporte para benefício do passageiro individual e da sociedade no seu todo. As autoridades devem apoiar a privatização dos transportes públicos, uma vez que são os operadores privados que frequentemente disponibilizam as soluções de maior rentabilidade.
  • Incentivando as parcerias público/privadas;
    • Os operadores de autocarros já estão a colher os frutos do seu esforço em melhorar as suas frotas e serviços. As autoridades locais estão igualmente a colher dividendos das suas abordagens inovadoras às estratégias de transporte e planeamento. O resultado líquido é uma renovada confiança do consumidor exemplificada pela mudança modal para os autocarros que se observa em muitos países, cidades e áreas rurais por todo o mundo.
    • o Para concretizar todo o potencial do turismo em autocarro, as autoridades locais, os operadores de autocarros e as atracções comerciais e turísticas devem continuar a trabalhar em parceria e criar condições propícias à expansão das viagens de autocarro. São indispensáveis instalações de estacionamento adequadas, pontos de tomada e largada de passageiros e acessos adequados a atracções turistas, caso as autoridades pretendam tornar as suas localidades ainda mais acolhedoras e atraentes para os turistas que viajam de autocarro.
  

 Smart Awards

 Melhores práticas

 Bus Rapid Transit (BRT)

 About HLG



    
 

Imprima esta páginaÍndice alfabéticoMapa do sítioProcurar